Bem vindo(a) ao RPG O Purgatório Convidado
 
InícioPortalCalendárioFAQRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Vampiros

Ir em baixo 
AutorMensagem
Luch Adalbert Darkmoon
Ex-Administrador
Ex-Administrador
avatar

Idade : 27
Mensagens : 15

MensagemAssunto: Vampiros   Qua Jun 27, 2012 12:38 am



Todo texto presente nessa descrição foi baseado no cenário
RPG Vampiro: A Máscara. Um RPG de horror pessoal no estilo punk-gótico. As modificações e
adaptações foram feitas por mim, Diogo M. Fernandes única e exclusivamente para o RPG: O
Purgatório. É recomendável utilizar o livro jogo de Vampiro: A Máscara como base na construção
de seu personagem para enriquecer ainda mais a sua interpretação e diversão.


Sobre Vampiros
Os reis e rainhas da noite...

A VIDA...?: Vampiros são portadores da maldição do sangue. são criaturas quase imortais,que podem ser destruídos apenas por certos métodos. Não envelhecem ou necessitam respirar, nem tão pouco de alimentos como os dos humanos. Sua fonte de vida é o sangue que lhe garante a possibilidade de movimentos e até simular uma aparência saudável bombeando sangue pelo corpo com sua própria força de vontade, mesmo se estando inegavelmente morto. O sangue é proveniente, na maioria dos casos,dos humanos, mas também podem vir de animais que são considerado como sangues imundos, impuros, ou de outros da mesma raça que consiste num pecado entre os vampiros, punido com a caça e segunda morte ou morte final.

Uma pessoa se torna vampiro, na maioria dos casos quando passa por um ritual de acolhimento. Um vampiro transforma a pessoa escolhida se conseguir permissão do seu próprio senhor, ou seja de quem o acolheu com a maldição. O acolhimento é um ritual que envolve muitas energias, sensualidade e contemplação do corpo e da vida que se perde para o início de uma morte-vida de inúmeras possibilidades. É importante salientar que o vampiro criado por outro é mais fraco e a sua criação será ainda mais fraca até ter poderes quase nulos.


Limitações e Fraquezas

Cada tipo de vampiro tem suas fraquezas, assim como seus poderes especiais, mas existem fraquezas que são comuns para todo tipo de vampiro. Esqueça o que aprendeu sobre pulverização instantânea no Sol ou alhos, água corrente? Podem até tomar banho num rio se desejarem. Cruzes e objetos religiosos? Em partes... Abaixo estão listados as formas mais comuns de parar um vampiro ou pelo menos infligir grande dano e salvar a sua pele, caso encontre um desses sugadores de sangue por aí.

  • Luz Solar: Alguns vampiros são mais fracos e outros mais fortes contra luz. Mas em média o que ocorre é uma grave queimadura quando da exposição da pele com o Sol. Isso somado a debilitação que o dia causa aos vampiros, pode deixar um desses sangeussugas bem afetados e o espantá-lo durante o dia.
  • Decapitação: A forma mais rápida de matar o vampiro, porém não necessariamente a mais fácil, chegar perto das suas presas é um risco sempre enorme.
  • Sangue de cadáver: Faz o vampiro se movimentar mais devagar, bom para facilitar uma decapitação.
  • Estaca no coração: Precisa ser bem certeira, paralisa completamente o vampiro, mas não o mata.


Poderes em geral

Toda classe de vampiro tem seus poderes e fraquezas próprios. O que lhes diferencia, lhes faz únicos, porém existem poderes que definem toda a raça, alguns clássicos que já devem ter visto em ficção. Então antes de ficar pensando em qual classe de vampiro o seu inimigo pertence para depois se preparar para o que virá, saiba o que enfrentará com certeza:

  • Super-Força: Vampiros são naturalmente mais fortes que humanos, alguns mais outros menos, mas um vampiro mediano pode levantar facilmente um humano e lançá-lo com um pouco mais de facilidade do que um humano carregaria um saco de cimento e o lançaria. Quanto mais velho ou mais puro, mais forte.
  • Regeneração: Estando bem alimentado com sangue pode regenerar partes do seu corpo.
  • Aparência e respiração humana: Detalhes que permitem se disfarçar dos humanos até para olhares mais clínicos. Requer muitíssimo sangue e por isso deve ser usado com cautela.
  • Imortalidade: Só podem ser mortos separando a cabeça do corpo ou sendo queimado por inteiro em fogo. Estacas no coração apenas paralisam, água corrente ou alho nenhum mal podem causar. Sol causam graves queimaduras, mas não tão forte a ponto de matar em poucos segundos de contato (dependendo da sua classe). Objetos religiosos só os afetam se o portador for detentor de uma incrível fé.


Classes de Vampiros


Brujah

Os esquentadinhos e agitadores, testando as Tradições e rebelando-se em nome de qualquer causa que apreciem. Muitos Brujah são completos anarquistas, desafiando a autoridade e não servindo a nenhum líder, mas seja qual for seu ideal, agarram com força, são bons no que gostam e no que defendem, seja uma revolução ou sendo um grande pesquisador e livre pensador. Como habilidade principal se encontra uma força diferenciada, capaz de superar a de qualquer outro vampiro e a habilidade de saltar muito alto e distante dando a impressão de vôo. Em contrapartida sua maior fraqueza é o pouco controle sobre seus impulsos, o que pode lhe causar grandes problemas.

Gangrel

São vampiros selvagens que possuem traços e tendênciasanimalescas. Permanecendo raramente num só lugar, são viajantes nômades e tem um estilo solitário e independente, muitas vezes com o costume de transformar desconhecidos em vampiros se julgarem que a pessoa está apta a se virar como um vampiro por si só. Membros desse clã podem enxergar perfeitamente bem na escuridão, concentram sangue em seus olhos que se tornam vermelhos por completo. Uma grande desvantagem é que a cada vez que perdem o controle de seus atos se tornam cada vez mais parecidos com um animal, adquirindo partes corporais de tal.

Malkavian

São lunáticos, atormentados pela loucura e escravos de uma demência debilitante. Possivelmente proveniente de uma maldição própria adquirida por seus antepassados. Mesmo com tamanha loucura não necessariamente aparentam tal condição, podem ser assustadores e andarem perdidos por aí, vagando ou serem muito sãos e viverem normalmente para um vampiro, possivelmente só demonstrando sua loucura no momento mais surpreendente. Como habilidade principal, pode alterar o sentimento mais marcante de uma pessoa, seja para o extremo superior ou inferior.Nascem com uma perturbação vitalícia que sempre acaba lhes trazendo problemas.

Nosferatu

São criaturas de aparência horrível, verdadeiramente monstros, que por conta disso aprimoraram técnicas de se esconder mesmo estando bem a frente de alguém. São requisitados como vendedores de informação ou com a inteção de colher segredos. Caso haja um lugar sem iluminação direta, podem iludir todos ao redor, dando a impressão de não estarem ali. Esse disfarce só pode ser quebrado caso haja observação constante ou iluminação direta. Vivem em esgotos e catacumbas e portanto não interagem com humanos.

Toreador

São os mais artísticos da raça, inclinados para a música, teatro...Artes em geral. Também é comum por ter membros "posers" que se auto denominam artistas mas não produzem uma obra sequer, mesmo que lutem para tal. Fazem tudo com paixão e costumam se apaixonar facilmente por mortais, vendo grande beleza em seus costumes, principalmente a moda que assimilam para si, principalmente as tendências do momento. Sua caracteristica mais hábil é a rapidez sobre humana. Podendo derrubar o alvo antes mesmo que saiba o que houve. Seu defeito é a paixão exacerbada, que diante de um objeto de desejo ou admiração muito grande o paralisa, como num transe, um encantamento paralisante que só cessa quando a figura de obsessão se afasta.

Ventrue

A base da organização dos vampiros. São mais independentes de conservadorismo de seus fundadores. Exercem grande influência sobre os desígnos de seus "rebanhos" de humanos e são motivo de diversas polêmicas sobre seus métodos políticos e alvos de rumores sombrios. O poder de influência vem de sua habilidade especial de forte presença. Quando um Ventrue resolve expor seu ponto de vista pode atrair facilmente os humanos ao redor a acreditarem nas suas palavras, ou pelo menos guardarem seus ideais no coração, se lembrando mais tarde quando sozinho. Entre seus problemas está a seletividade de sangue. Só se alimentam de um tipo de sangue para toda a vida, seja de uma virgem, ou de um tipo físico ou idade específico.


Tremere

Um dos mais misteriosos vampiros, são os mestres da mágica do sangue. Muitas lendas e teorias são criadas sobre esse tipo de vampiro, inclusive que são amaldiçoados feiticeiros que buscavam a imortalidade e acabaram vampiros. Na verdade pouco se sabe ao certo sobre eles, pois qualquer tipo de perguntas não são vistos com bons olhos pelos membros. Seu poder especial consiste em uma perícia sobrenatural em questão de sangue, com poucas gotas pode-se descobrir o tipo sanguíneo e quanto de sangue um humano ainda tem no corpo ou o tipo, força e idade de um vampiro. Sua fraqueza é a grande lealdade que acabam tendo que manter aos líderes ficando muitas vezes presos as suas vontades sem poder se expressar livremente.

Lasombra

São os mestres das sombras e da escuridão. Guardam uma natureza muito nobre de outrora, semelhante a dos Ventrues, porém não se apegam mais a vontades e sentimentos humanos se entregando quase totalmente a natureza vampírica. Mantém um refino impecável, mesmo nos momentos de maior agressividade física e mental. Dificilmente se envolveram com pessoas rudes e em geral tem muita inclinação política. Seu poder único é o controle sobre sombras. Usam sombras já existentes para moldá-las, aumentando ou diminuindo, avançando sobre alguém e o encobrindo e etc. Se sua vítima estiver envolvida nas sombras pode criar um clima próprio, sons e sentidos para perturbar, confundir e irritar o alvo. Por outro lado possuem um grande "defeito", são mais sensíveis ao Sol e não podem ser refletidos ou fotografados, de modo algum.

Tzimisce

Naturais do frio e sombrio leste europeu, os Tzimisces são vampiros de uma peculiaridade exacerbante, ao mesmo tempo em que mantém uma postura invejável de nobreza e realeza, também possuem uma crueldade que supera qualquer limite de moral e mínimo de humanidade. São muito inteligentes e de grande controle emocional. São os vampiros que mais se deliciam com todos os tipos de monstruosidade e atrocidades. Sua habilidade é alterar a sua forma como altura (em no máximo 30 centímetros) e fazer algumas mudanças de voz, cor de pele, olhos, peso e feições faciais e corporais. Costumam usar essa técnica para alterar monstruosamente a feição de seus inimigos, torturando-os. Seu "defeito" consiste em uma depêndencia de pelo menos um punhado de sua terra natal para se manter bem e ativo, algumas poucas horas em contato com a terra é o suficiente para um dia.

Assamitas

São assassinos em sua definição, provenientes do Oriente Médio. São os clãs mais conhecidos pela prática de caçar e beber o sangue de outros vampiros para se purificar e segundo eles "ficar mais próximo de suas origens". Menosprezam os outros vampiros pois se consideram superiores, mas comumente fazem serviços sujos de assassinato e afins para quem melhor pagar (muitas vezes com sangue). Parecem ser muito ligados a suas origens antepassadas e parecem sempre estar secretamente tramando algo.Sua pele fica mais escura com o tempo, diferente dos outros vampiros cuja pele fica mais clara. Sua habilidade é capaz de criar uma região esférica ao seu redor, de até dois metros de raio onde nenhum som produzido no interior pode ser ouvido de fora. O contrário não acontece, sendo possível ouvir todo o som do ambiente. Sua fraqueza provém de sua própria característica pois perdem facilmente o controle de sua natureza, necessitando de um pouco de sangue de vampiro para voltar ao controle de si.

Seguidores de Set

Originários do Egito e norte da África em geral esses vampiros veneram o deus vampiro, Set. Sendo assim, todos os seus atos são indiscutivelmente um tributo a ele. Seu principal prazer é corromper qualquer um, e até mesmo sua presença pode levar alguém a perdição, por isso são odiados por todos os vampiros, não possuindo aliados, nem sendo bem-vindos. Usam todos os métodos possíveis para alcançar seus objetivos e dar o bote em seus alvos: Sexo, Drogas, Violência e chantagens. São guardiões de enigmáticos segredos de sangue, o que desperta algum interesse arriscados de curiosos. Seu principal poder são os olhos de serpente, dourados e negros que podem congelar, petrificando o alvo. Sua fraqueza a luz chega a níveis alarmantes, se extendendo não só ao Sol, mas também a Holofotes, lâmpadas e afins.

Giovanni

São vampiros de uma suntuosa família de Veneza. Conhecidos principalmente por seus poderes financeiros e necromantes. Acumularam muitas almas e com elas, muito poder. Não são bem vistos pelo mundo e muitas vezes tão odiados quanto os seguidores de Set, porém com dinheiro se consegue muita coisa. São muito seletivos, seus membros fazem quase todos parte da incestuosa e libidinosa família Giovanni.Reza a lenda que o vampiro que transformou os primeiros membros foi morto pelo chefe da família e desde então todos trilharam os costumes e modos dos Giovanni de ser.
Seu poder consiste em necromancia. Pode ver através dos olhos do cadáver o último dia da vida dele, inclusive sentir os mesmos sentimentos que eles sentiram, até o momento da morte. Não são afetados por sangue de cadáveres, podendo até se alimentar deles. O maior problema desses vampiros é que a mais simples mordida causada por ele traz uma dor insuportável ao alvo o que interfere e muito na qualidade final do sangue, por isso preferem complementar a alimentação com sangue de hospitais..


Ravnos

Levam as suas vidas como nômades, são descendentes de ciganos indianos. Muitos os consideram como vadios e ladrões, mas a verdade é que são os maiores trapaceiros, vigaristas e enganadores por isso são desprezados por outros vampiros mais sociáveis. Por onde eles andam é comum que levem o caos a qualquer organização. Sua habilidade peculiar os permite criar ilusões estáticas, podendo simular objetos que despertem sensações como odores fortes ou brilhos extremos ou grandes fragrâncias ou texturas sedosas, mas nada que possa bloquear ou impedir o movimento de alguém, fisicamente. Seus objetos criados devem ser estáticos, o que impede a produção de chamas ilusórias ou água corrente. O maior desafio para esses vampiros é a necessidade compulsiva de cometer alguma enganação, roubo, truque ou assassinato planejado para manter seu controle bestial.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Vampiros
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Fanfic] Histórias comicamente assombradas
» Absorção de Poderes (Exclusivo da Vampira)
» [Indicação] Hellsing

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
RPG O Purgatório :: Poderes e Raças :: Descrição de espécies e Vida-
Ir para: